segunda-feira, 19 de junho de 2017

Uruará: Padrasto é assassinado por companheiro de enteada

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Uruará
Polícia procura por assassino de agricultor do travessão 155 sul, zona rural de Uruará, crime ocorrido no domingo, 18/06
Um homem foi assassinado a golpes de facão na zona rural de Uruará na noite deste domingo, 18 de junho. Segundo informou a Polícia Civil, o crime ocorreu na estrada vicinal do km 155 sul, a 75 km do centro urbano, e teve como vítima o agricultor, Rogério da Conceição, de 49 anos.
Segundo informações colhidas pela polícia, vítima e autor estavam num banho de rio com outras pessoas e se desentenderam em virtude de ciúmes em relação a companheira do autor, que era enteada da vitima, em seguida retornaram para casa e a vítima saiu do local quando o autor disse a um conhecido que iria matar Rogério.  
O autor identificado até o momento pelo prenome/vulgo Raioney  ou Leo, pegou um facão e também saiu do local e quando a vítima soube disso pegou uma faca e foi procurar o autor. Ao se encontrarem no meio da estrada vicinal o autor acabou por degolar a vítima. Em seguida o próprio autor contou que tinha matado e fugiu da localidade tomando rumo ignorado.
Segundo apurou a Polícia Civil, o autor já matou um outro indivíduo na cidade de Altamira-PA, há cerca de 08 meses quando fugiu para a zona rural de Uruará.
O autor do crime é procurado pela polícia.
Este homicídio foi o primeiro do mês. Resultante de um conflito familiar onde o assassino era companheiro da enteada da vítima, segundo o que apuramos eles estavam num banho, em seguida retornaram para a casa, o autor do crime teria ingerido bebida alcoólica e teria dito que iria matar a vítima que ao saber da ameaça procurou o autor para tirar satisfação da história e ambos se encontraram no meio do caminho quando o crime ocorreu, com o autor efetuando vários golpes de facão na cabeça e pescoço da vítima. Agora vamos colher mais informações em relação a qualificação do autor e posteriormente representar pela prisão preventiva do mesmo”, informou o delegado Walison Damasceno que preside o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário