quinta-feira, 1 de junho de 2017

Reforma da Escola Estadual Melvin Jones em Uruará é iniciada após cobranças e longo período de espera

Por Joabe Reis
Colaboração: Cirineu Santos
Uruará: Começa reforma da Escola Melvin Jones e alunos do fundamental são transferidos
À base dos empurrões. Assim parece que funciona o governo do estado, pelo menos no caso da reforma da Escola de Ensino Médio Melvin Jones, no município de Uruará, sudoeste do Pará. No prédio da escola também funciona o ensino fundamental e com o início da reforma dezenas alunos foram transferidos para salas de aulas alugadas pela prefeitura municipal.
A obra de reforma da Melvin Jones teve início nesta semana, várias salas já foram destelhadas e tiveram paredes quebradas. A reforma é uma necessidade que tanto o corpo docente quanto o corpo discente almeja há vários anos. O governo do estado havia prometido a obra, mas protelava o seu início mês após mês. Na última semana o deputado estadual Eraldo Pimenta (PMDB) subiu na tribuna durante a sessão da Alepa (Assembleia Legislativa do Estado do Pará) e cobrou com veemência que a reforma da escola fosse iniciada o mais breve possível. Após as cobranças feitas por alunos ganhar o reforço do parlamentar a obra desabrochou e já apresenta atividades iniciais.
O governo do estado incomodado com a minha cobrança incansável na tribuna, lá no estado, fez com que eles realmente trabalhassem para que pudessem fazer a reforma tão sonhada e tão esperada da escola Melvin Jones. A última reforma realizada na escola ainda foi no meu governo, que foi feita não só reforma como também ampliação. E a escola esta hoje em dia praticamente abandonada. Aproveito para parabenizar ao prefeito Gilsinho que sempre esteve cobrando do governo do estado e você já vê não só obras nas ruas, não só hospital funcionando, o município já caminhando e já trazendo no seu primeiro ano uma obra de fundamental importância como é a reforma da escola Melvin Jones”, destacou o Deputado Estadual Eraldo Pimenta.
A Secretária de Educação do município de Uruará, Silvana Vieira, esclareceu sobre o remanejamento de alunos para outras escolas. “É uma benção essa reforma da Escola Melvin Jones. Há muito tempo nós a esperávamos e agora ela (a reforma) chegou. Nesse momento nos pegou de surpresa porque nós temos ali um grande número de alunos estudando no fundamental menor. Então nós retiramos os alunos e locamos outro prédio, que é o prédio onde funcionava o antigo Objetivo. Nós colocamos ali as turmas do fundamental maior e algumas turmas do fundamental menor e outras 6 turmas do fundamental menor nós estamos levando para o La Salles onde nós locamos lá também algumas salas. Nesta quinta-feira, 01, começou a aulas para essas turmas que irão estudar no La Salles”, explicou.
 Já na próxima segunda feira, dia 05, a empresa responsável instala o escritório dentro do pátio da escola. A previsão da conclusão da obra é de sete meses.
Procuramos por telefone a 10ª URE (Unidade Regional de Educação) em Altamira para falar sobre o início tardio da reforma, mas não houve resposta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário