Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Polícia identifica corpo de homem encontrado no lixão da cidade de Uruará

Por Joabe Reis
Foto do RG: Fábio Alves de Souza
Papocamos a informação!

No início da noite desta sexta-feira, 29 de janeiro, a Polícia Civil conseguiu descobrir a identificação do homem de cujo corpo foi encontrado em estado de putrefação no lixão da cidade de Uruará, trata-se do nacional, Fábio Alves de Souza, 36 anos, natural do município de Teixeira de Freitas no estado da Bahia.
O corpo foi removido no final da tarde pelo Instituto Médico Legal (IML) de Altamira. O RG e um Celular foram encontrados no bolso da frente do short que o homem usava, que foi possível encontrar no momento em que os peritos do IML faziam a remoção do corpo, já que o mesmo estava de bruços.O laudo pericial deve sair em 30 dias.

O Caso - Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado no início da tarde desta sexta-feira, 29 de janeiro, por uma mulher que estava aprendendo a andar de motocicleta com o filho nas proximidades do lixão da cidade de Uruará, no travessão do km 180 norte, a 10 km do centro urbano. Por volta das 13 horas a mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil do município para informar que estava aprendendo a andar de moto na companhia do filho quando olhou para o lado e percebeu uma concentração maior de urubus, ao chegar mais perto pode ver que parecia um corpo humano. A equipe de plantão da Polícia Civil, investigador Sílvio, investigador Célio, sob o comando do delegado Walison Damasceno, foi até ao local e constatou que se tratava de um corpo de um homem vestido com short e camisa na cor vermelha. Imediatamente o delegado Walison acionou o Instituto Médico Legal (IML) do Centro de Perícia Científica Renato Chaves em Altamira para fazer a remoção do corpo. Será instaurado um inquérito policial para apurar a autoria do crime. Não se sabe se o corpo foi jogado (desovado) no local ou se o homicídio foi cometido ali mesmo no lixão.

Corpo de homem é encontrado no lixão da cidade de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Cidade de Uruará
Papocamos a informação!

Um corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado no início da tarde desta sexta-feira, 29 de janeiro, por uma mulher que estava aprendendo a andar de motocicleta com o filho nas proximidades do lixão da cidade de Uruará, no travessão do km 180 norte, a 10 km do centro urbano.
Por volta das 13 horas a mulher procurou a Delegacia de Polícia Civil do município para informar que estava aprendendo a andar de moto na companhia do filho quando olhou para o lado e percebeu uma concentração maior de urubus, ao chegar mais perto pode ver que parecia um corpo humano. A equipe de plantão da Polícia Civil, investigador Sílvio, investigador Célio, sob o comando do delegado Walison Damasceno, foi até ao local e constatou que se tratava de um corpo, provavelmente, de um homem de idade entre 40 anos e 50 anos, vestido com short e camisa na cor vermelha. Imediatamente o delegado Walison acionou o Instituto Médico Legal (IML) do Centro de Perícia Científica Renato Chaves em Altamira para fazer a remoção do corpo.
Segundo o delegado o corpo está no local há pelo menos 7 dias, ainda de acordo com a autoridade policial, não foi encontrado nenhum documento que pudesse identificar o corpo, também não foi possível ver se o homem foi ferido por disparo de arma de fogo ou por arma branca (do tipo faca).
Será instaurado um inquérito policial para descobrir a identificação do corpo e também para apurar a autoria do crime. Não se sabe se o corpo foi jogado (desovado) no local ou se o homicídio foi cometido ali mesmo no lixão.
O IML chegou a cidade de Uruará por volta das 17 horas e 30 minutos e fez a remoção do corpo para a cidade de Altamira onde será feito os procedimentos periciais.

A Polícia Civil informou que não há registro, na delegacia, de desaparecimento de pessoas e o corpo deverá ser sepultado como indigente na cidade de Altamira.

Leia mais sobre o caso: Polícia identifica corpo de homem encontrado no lixão da cidade de Uruará

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Justiça aceita alegação da prefeitura de Uruará e casa de moradora do Bairro Boa Sorte é demolida

Por Joabe Reis
Colaboração de Cirineu Santos

Papocamos a informação!

Nesta quinta-feira, 28 de janeiro, a Prefeitura Municipal demoliu a residência da dona de casa, Andreia da Silva Feitosa, no Boa Sorte, zona norte da cidade de Uruará. A demolição da casa foi determinada pela justiça atendendo à solicitação da Prefeitura Municipal em ação demolitória ingressada pelo município através do poder executivo municipal alegando que a família efetuou construção particular em área de uso comum, requerendo tutela antecipada.
De acordo com a Decisão Interlocutória da justiça, a dona da casa construiu muro fechando rua pública em local onde constava na planta do loteamento o espaço para a Travessa Dão Pedro II. O Juiz de Direito Titular da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli, deferiu tutela antecipada e determinou a demolição da obra que invadiu o logradouro público, no lote no 01 da quadra 55 localizado na Travessa Dão Pedro II, o juiz ainda estipulou multa no valor de R$500,00 por dia.
A decisão judicial foi publicada em 9 de junho de 2015, a família recorreu da decisão, mas teve o pedido de suspensão de liminar rejeitado pela justiça e a determinação de demolição foi cumprida nesta quinta-feira, 28 de janeiro de 2016.
A irmã de Andreia acompanhou a demolição e disse que a família está indignada. “Segundo a prefeitura Municipal de Uruará, a construção da casa da minha irmã Andreia da Silva Feitosa, está num local de rua, ou seja, disseram que eles invadiram esta área que é de propriedade da Prefeitura. A ordem que recebemos da justiça (Poder Judiciário) era para que fosse demolida. Hoje, eles chegaram e começaram a demolir. Estamos há muito tempo neste local. Vamos perder tudo. O terreno murado, com casa de alvenaria, forrada, quarto, sala, cozinha, banheiro, varanda, poço. Minha irmã não sabe o que vai fazer, pois recentemente o esposo sofreu um AVC e está de cadeira de rodas. Estamos muito indignados com esta ação da Prefeitura de Uruará”, informou a irmã Lucilete Silva Feitosa, que acompanhou a ação da Prefeitura.

Agora é aguardar para ver se a prefeitura irá realmente usar o espaço para fazer a referida Travessa Dão Pedro II que até o momento só existe no papel.

Eqüinos utilizam o perímetro urbano de Uruará para transitar livremente

Por Joabe Reis
Papocamos a informação!

Nas últimas semanas, como ocorreu no ano de 2015, são vistos com freqüência pastando em canteiros e transitando pelas ruas e avenidas da cidade de Uruará alguns animais eqüinos, são pelo menos 5 animais. 
Oferecendo grandes riscos de acidentes no trânsito os cavalos atravessam avenidas e até dormem no meio da rua.
Fato semelhante ocorreu na cidade há alguns anos quando providências foram tomadas pela administração municipal e os animais pararam de transitar pela cidade.
Com o ressurgimento dos cavalos soltos no perímetro urbano, é necessário que providências sejam tomadas pela administração municipal. 
Os animais foram vistos, entre outros pontos da cidade, descansando sobre a calçada da Secretaria Municipal de Saúde do município enfrente a porta de entrada da secretaria, cena registrada em foto por um popular. Também foram vistos nas praças do centro da cidade.
Ainda não foi identificado o dono dos animais.
De acordo rege o Código de Postura do Município de Uruará, Lei Municipal 119 de 25 de abril de 1994, no seu Art. 101 - é proibida a permanência de animais nas vias públicas;
Art. 102 - os animais encontrados nas ruas, praças, estradas ou caminhos públicos serão recolhidos ao depósito da municipalidade;

Parágrafo único - não sendo retirado o animal no prazo de 60 dias, deverá a prefeitura efetuar a sua venda em hasta pública, precedida da necessária publicação.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Livros a venda

Para adquirir os livros do autor Joabe Reis entre em contato com o autor pelo WhatsApp 93 991872751, e-mail: reis_joabe@hotmail.com ou pelo Facebook: https://www.facebook.com/joabe.reis.5
Se preferir acesse a livraria online http://livraria.editorakiron.com.br/jardim-de-rosas-brancas-pra-quem-ama-amor.html http://livraria.editorakiron.com.br/deserto-da-alma.html 
Faça já a sua compra e comece a ler!
Indicado para toda a família!

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Sepultada na tarde deste domingo no Tocantins professora do município de Uruará vítima da depressão

Por Joabe Reis

Uma fatalidade inesperada encheu de tristeza familiares e amigos da servidora da educação do município de Uruará, professora Regina Cláudia Magalhães Nepomuceno de 38 anos de idade. Na noite de sábado, 23 de janeiro, no dia do seu aniversário a professora tirou a própria vida. Segundo familiares, Regina Cláudia se trancou no quarto e por motivos desconhecidos cometeu o suicídio por volta das 22 horas. Ainda de acordo com familiares a professora sofria de depressão e já tinha tentado tirar a própria vida em outras vezes, mas sempre havia alguém por perto para impedir, mas desta vez foi muito rápido e ninguém pode fazer nada para impedir.
Na sua conta na rede social Facebook a professora Regina Cláudia fez sua última postagem às 21 horas e 12 minutos, quando postou uma foto com a frase: Hoje é meu dia que Deus possa me abençoar sempre, e que ele volte a estar presente na minha vida! Feliz niver pra mim
O corpo da professora foi sepultado na tarde deste domingo, 25, no cemitério da cidade de Ananás (TO) onde o pai dela está sepultado e era o desejo da mesma ser sepultada no mesmo local. Ela passava as férias na cidade de Araguaína (TO) com o marido e os filhos (duas moças e um rapaz).
Atualmente Regina Cláudia Magalhães Nepomuceno era coordenadora da Escola Antônio Roque Lopes, do Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade de Uruará. Como professora Regina trabalhou na Escola Adventista, Instituto Educacional Uruará, Francisca Lima e Creche Municipal. Ela residia no município de Uruará desde o ano de 2006. Também foi proprietária do Comercial Extra.
Regina Cláudia Magalhães Nepomuceno, de 23 de janeiro de 1978 a 23 de janeiro de 2016.

A Educação em Uruará está de luto. Nossas condolências a família

sábado, 23 de janeiro de 2016

Açougueiro da cidade de Uruará (PA) cai em golpe do falso sequestro

Por Joabe Reis
Cidade de Uruará (PA)
Papocamos a informação!

Na manhã deste sábado, 23 de janeiro de 2016, um açougueiro que tem seu açougue dentro do Mercado Municipal de Uruará, viveu momentos de terror ao lado da esposa. O casal iniciava os trabalhos do dia quando o açougueiro recebeu uma chamada restrita no seu celular, ao atender a ligação uma voz afirmava que o filho dele estava sequestrado e que para o açougueiro ter o filho de volta ele teria que pagar um resgate no valor de R$ 10.000,00. Para reforçar a informação do sequestro o homem que falava com o açougueiro pôs outra pessoa para se passar por seu filho que chorava e pedia para o pai depositar o dinheiro porque estava sequestrado e tinha uma arma apontada para a cabeça dele. O açougueiro e a esposa entraram em desespero e depois de negociar com os golpistas, falsos sequestradores, o pai acabou depositando a quantia de R$ 1.000,00 na conta bancária informada pelos bandidos. Após depositar o dinheiro o açougueiro ficou sabendo que seu filho estava bem e que não havia sido sequestrado, foi quando percebeu que havia caído em um golpe.
Eu tinha vindo aqui pro açougue com minha esposa por volta das 7 horas e meu filho tinha ficado em casa, aí eu estava trabalhando quando eu recebi uma ligação, aí botaram o meu filho tipo chorando no celular e falou pai me sequestraram e chorava, tomaram o telefone e um cara disse que queria dez mil reais e se eu não mandasse o dinheiro iria matar o meu filho, aí eu falei que não tinha, aí pediu uma quantia que eu tivesse, eu disse que eu tinha um mil reais, aí foi e passaram o número da conta e eu fui e depositei um mil reais. Eles não me deixavam desligar o telefone, você se apavora, você fica com medo. Depois que o pessoal aqui do mercado conseguiu ligar lá pra casa aí meu menino estava bem, mas eu já tinha depositado o dinheiro. E eles não me deixava desligar o telefone, quando eu disse que havia depositado o dinheiro ele disse que vinha deixar o meu filho, mas o meu filho já havia chegado aqui. Então eu falei que iria tirar o dinheiro, aí ele me ameaçou dizendo que não era para mim tirar o dinheiro porque senão ele iria matar o meu filho e me matar, depois de muito conversar ele disse pra mim marcar um lugar que ele iria me devolver o dinheiro. Ele ainda disse que eles eram uma quadrilha, mas não disse se era daqui (de Uruará) ou não”, contou o açougueiro conhecido pelo nome de Doca.

Após o fato ocorrido a esposa do açougueiro foi registrar o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Agência do Banco do Brasil em Uruará sofre tentativa de furto durante a madrugada

Por Joabe Reis
Foto: Cirineu Santos

Papocamos a informação!

Durante a madrugada desta quinta-feira, 21 de janeiro de 2016, por voltas das 3 horas um indivíduo quebrou uma das janelas da agência do Banco do Brasil na cidade de Uruará e entrou na agência numa tentativa de furto, mas depois de chegar em frente ao cofre desistiu de prosseguir com o furto provavelmente por não conseguir abrir o cofre. Para arrombar a janela da agência e a porta da sala do cofre o indivíduo estava encapuzado e usou uma barra de ferro.
A Polícia Civil investiga o caso e acredita ter sido ação de um amador. Imagens de câmeras do circuito interno estão sendo analisadas, de acordo informou o delegado Walison Damasceno. “Estamos apurando o caso, a princípio acreditamos ser trabalho de amador que achou que era fácil. O fato ocorreu por volta das 3 horas da manhã. Estamos esperando o pessoal da perícia de Altamira para fazer a perícia do local, estamos coletando as imagens. A princípio era um indivíduo que entrou na agência e estamos ver através das imagens se há outro indivíduo esperando do lado de fora. O indivíduo usou uma barra de ferro para arrombar a janela e chegou até o cofre, mas o cofre é difícil abrir, ele desistiu e foi embora. Nós vamos instaurar um inquérito policial para apurarmos essa tentativa de furto”, detalho o delegado Walison que é titular da Delegacia de Polícia Civil de Uruará.
A agência está fechada nesta quinta-feira, 21 de janeiro.
O atendimento interno no Banco do Brasil está suspenso desde o assalto ocorrido em 10 de junho de 2015, os clientes desde então também vem enfrentando dificuldades para realizar movimentações financeiras na agência, principalmente a modalidade saque no caixa eletrônico.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Está preso em Uruará suspeito de furtar residência durante a madrugada

Por Joabe Reis

Papocamos a informação!

Entre os meses de dezembro de 2015 e janeiro de 2016 pelo menos 25 furtos a residências com arrombamentos ocorreram na cidade de Uruará, quando houve no período dois casos de estupro de mulheres que estavam em duas das casas invadidas pelo criminoso.
No último final de semana mais uma casa foi arrombada e com vários objetos sendo furtados do seu interior, como notebook, dois anéis de formatura em material precioso do tipo ouro e um relógio. E como ocorria nos casos de furtos anteriores o autor do furto abriu a geladeira e consumiu a comida que havia dentro.
Nesta terça-feira, 19 de janeiro, após investigação os policiais civis, Eládio Cruz e José Tadeu, sob o comando do Delegado Walison Damasceno, foram a uma casa da zona sul da cidade onde, de acordo apontavam as investigações, reside o suspeito de cometer o furto ocorrido no último final de semana. Na residência foram encontrados os dois anéis de formatura e o relógio, furtados. Também foram encontrados e apreendidos vários celulares. O nacional, Fernando Santos Silva, 28 anos, foi preso em seguida e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil do município.
Na delegacia os anéis e o relógio foram reconhecidos pela vítima, que os objetos de volta, e Fernando Santos Silva foi autuado pelo crime de furto, para se defender o preso alegou que havia achado os objetos e que os celulares ele havia trazido da cidade de Ourilândia do Norte (PA), onde o mesmo residia antes.
Segundo a Polícia Civil, Fernando é usuário de droga e estava morando na cidade de Uruará há 3 meses e o mesmo já respondeu pelo crime de furto em Ourilândia do Norte e já cumpriu 1 ano e 6 meses também pelo crime de furto na cidade de Redenção (PA). A polícia investiga a ligação de Fernando com os outros furtos com arrombamentos de residências ocorridos na cidade assim como com os dois casos de estupros.

O preso está recolhido a disposição da justiça.
Nesta quinta-feira, 21 de janeiro, a Polícia Civil descobriu que na Verdade o acusado se chama Cláudio dos Santos Mendes, 28 anos, e que o mesmo já foi preso na cidade de Tucumã (PA) pelo crime de furto com arrombamento. No momento da prisão o suspeito não havia apresentado documento de identificação. As investigações continuam.

Sem saber nome de pai e da mãe jovem é registrado sem sobrenome

Por Joabe Reis
Papocamos a informação!

A Polícia Civil de Uruará auxilia jovem de 18 anos em processo de regularização de registro e emissão de documentos pessoais. O jovem natural de Uruará (PA) ao tentar conseguir um emprego descobriu que não era possível por não ter sobrenome. O mesmo foi registrado apenas com o nome de Weliton na certidão de nascimento emitida no ano de 2006 no cartório de 2º ofício da cidade de Tucuruí (PA). Ele ainda teve outros dois documentos emitidos tendo apenas o primeiro nome e sem informações sobre filiação, os documentos de identidade (RG) e o título de eleitor, emitidos na cidade de Breu Branco (PA) no ano de 2013, como conta o jovem. “Fui adotado por uma senhora de 75 anos, ela me criou. Quando fiquei maior de idade e quis trabalhar aí fui fazer meus documentos, mas só tiraram o RG e o título desse jeito aí, apenas com o nome, como está no meu registro. Eu tirei esses documentos na cidade de Breu Branco. Eu não sei quem são os meus pais. O meu registro de nascimento fizeram quando eu tinha 8 anos sem nome de pai nem nome de mãe. Vou regularizar minha adoção para poder tirar todos os meus documentos pessoais, porque eu quero trabalhar e assim está quando eu chego no local de trabalho as pessoas ficam é mangando de mim por eu só ter um nome”, disse o jovem.

O jovem será adotado formalmente por uma senhora de 75 anos para que depois possa ter um sobrenome inserido nos seus documentos pessoais.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Dono de bar é preso por tráfico de droga em Uruará

Por Joabe Reis

Papocamos a informação!

Na tarde desta segunda-feira, 18 de janeiro, uma denúncia anônima levou os investigadores de Polícia Civil, José Tadeu e Eládio Cruz sob o comando do delegado Walison Damasceno, a um bar da Avenida Tapajós, na zona sudeste da cidade de Uruará, aonde de acordo com a denúncia, celulares e outros objetos roubados estariam sendo comprados por proprietários do bar. Os policiais foram até ao local e não encontraram objetos roubados, mas ao averiguar o ambiente os investigadores encontraram uma sacola com 26 invólucros de maconha (porções de maconha enroladas em folha de papel de caderno), em seguida os policiais deram ordem de prisão ao dono do bar, o nacional, Marcos Inapuan Ribas da Silva, 42 anos, também foi encontrado dois frascos onde possivelmente teriam sido utilizados para armazenar drogas. Com o homem também foi apreendido uma quantia em dinheiro que seria oriunda do tráfico.

O preso foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil (DEPOL) onde foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de droga. Marcos Inapuan já havia sido preso por tráfico na cidade de Brasil Novo. O mesmo está recolhido na carceragem da Depol a disposição da justiça.

Ainda é desconhecida identidade de homem morto a paulada encontrado no centro da cidade de Uruará

Por Joabe Reis

Papocamos a informação!

Ainda é desconhecida a identidade de um homem encontrado morto neste domingo, 17 de janeiro, no centro da cidade de Uruará, vítima de pauladas em homicídio ocorrido na madrugada de domingo, 17, o homem teria chegado sábado, 16 de janeiro, na cidade de Uruará e teria se juntado com os moradores de rua que costumam consumir bebida alcoólica no Calçadão as margens da rodovia Transamazônica, no centro da cidade, sendo que não havia sido visto antes no local.

O delegado titular da Delegacia de Polícia Civil do município de Uruará, Walison Damasceno, disse que a polícia tenta identificar a vítima e apura o caso de homicídio. “Um caso que ocorreu possivelmente na madrugada de sábado para domingo, nós fomos até ao local onde o corpo foi encontrado com sinais de violência, possivelmente morto a pauladas. Até o momento nós não conseguimos identificar quem era a vítima, pois não tinha documentos e segundo informações de moradores das imediações do calçadão não o conheciam e possivelmente ele teria chegado naquele dia na cidade. Também pessoas que fazem doação de alimentos para os moradores de rua que ficam no calçadão disseram nunca ter visto a vítima, então isto dificulta a identificação desse indivíduo. Vamos dar prosseguimento as investigações para apurarmos esse homicídio. Vamos verificar se há filmagens na região de onde o corpo foi encontrado para podermos chegar na autoria desse crime”, asseverou o delegado.

sábado, 16 de janeiro de 2016

Eleita nova diretoria toma posse na COOMAVUR em Uruará

Por Joabe Reis
Papocamos a informação!

Na manhã deste sábado, 16 de janeiro de 2016, numa Assembleia Geral para eleição foi escolhida a nova diretoria da Cooperativa Agropecuária Vale do Uruará Ltda (COOMAVUR) para o quadriênio 2016/2019. Um comitê Especial para a coordenação da Assembleia Geral Para a Eleição foi montado e presidida por Edson Ferreira Sousa.
Durante a Assembleia foi realizado a votação e em seguida foi oficializada a posse da nova diretoria em procedimentos ditados pelo comitê de coordenação conforme rege o estatuto da Cooperativa. 

A nova diretoria é composta por:
Presidente: Cirilo Nicolodi
Secretário Administrativo: Marta de Jesus Ramos
Diretor Financeiro: Antônio Pereira dos Santos
Diretor de Produção: Nelson Nardini
Diretor Comercial: Luiz Chagas Veras
Também foi elegido o Conselho Fiscal para os próximos 4 anos:

Presidente do Conselho Fiscal: Narciso Alfredo Leverguini
Secretário: Wilson Alves Nascimento
Suplente Efetivo: Marcelo Augusto Borges
Suplentes:
Olindio Vargas;
Jovilde Zanuzo;
Valdir Cavalheiro.

Ainda durante a Assembleia Geral Para Eleição foi entregue ao presidente da Cooperativa o documento de contrato válido por 5 anos em que o município de Uruará repassa para a COOMAVUR 20 hectares de terra da propriedade rural pertencente ao município no km 175 da Transamazônica (BR 230), a 5 km do centro urbano. 
Cirilo Nicolodi recebeu o documento (Termo de Comodato da Cessão de Área do Município para a COOMAVUR) da mão do advogado Leaonardo Sidonio que na oportunidade como procurador representou o município.
A Assembleia Geral ocorreu na sede da Maçonaria de Uruará no Bairro Vila Brasil, zona norte da cidade. Além dos associados vários convidados também estiveram presentes prestigiando a eleição da cooperativa.
Após ser eleito como presidente, Cirilo Nicolodi destacou os objetivos para os próximos anos. “Agradeço a todos pela confiança em mim depositada. Vamos em busca de novos projetos para o bem dos agricultores de Uruará, assim como sementes entre outros benefícios. Esperamos ansiosos pelo Mercado e Feira do Produtor que deverá ser construído através do PDRS-Xingu”, destacou Nicolodi que já vinha presidindo a COOMAVUR há 4 anos e foi reeleito para o cargo.

Ainda na Assembleia a nova diretoria divulgou um comunicado com relação a inscrição de novos sócios. De acordo com o comunicado as inscrições para novos associados estarão abertas até o dia 30 de janeiro de 2016 e após esta data as inscrições ficarão suspensas por tempo indeterminado.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Polícia Civil de Uruará recaptura foragido de presídio de Santarém condenado pela morte de taxista

Por Joabe Reis

Papocamos a informação!

Edvaldo de Paula Silva
Cumprindo mandado de recaptura a equipe de policiais da Delegacia de Polícia Civil de Uruará recapturou um foragido da prisão de Santarém, o nacional, Edvaldo de Paula Silva, 50 anos. A recaptura foi efetuada nesta segunda-feira, 11 de janeiro, após os trabalhos de investigação realizados pelo Investigador de Polícia Civil, José Tadeu, Investigador de Polícia Civil, Eládio Cruz, e Delegado de Polícia Civil, Walison Damasceno.
Edvaldo de Paula Silva havia fugido da prisão (Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura) no dia 19 de abril do ano de 2014 e estava morando na cidade de Uruará há cerca de 1 ano e 6 meses. O mesmo havia sido condenado a 20 anos de prisão pela justiça de Santarém no caso do taxista morto em latrocínio ocorrido no mês de março do ano de 2013 na referida cidade.

A equipe de investigadores recebeu algumas informações, fez uns levantamentos e conseguiram recapturar esse indivíduo que agora ficará novamente a disposição da justiça”, disse o delegado Walison Damasceno.

O foragido está recolhido na carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Uruará e será recambiado de volta ao presídio em Santarém.

Entenda o caso - Um crime, com característica de assalto seguido de morte, vitimou o taxista Antonio Vicente Filho, 58 anos de idade, que residia no bairro da Conquista, na Grande Área do Santarenzinho, na periferia de Santarém, Oeste do Pará. O crime pode ter ocorrido na noite de quarta-feira, dia 6, ou na madrugada de quinta-feira, dia 7, segundo o delegado de Policia da cidade de Mojui dos Campos, Djalma Pereira, que apura o caso juntamente com o delegado Jardel Guimarães, da Seccional de Polícia Civil de Santarém, onde o crime foi registrado.
No final da manhã de sexta-feira o corpo de Antonio Vicente foi encontrado por um agricultor ao lado de um plantio de soja, na comunidade Palhal, entre a BR 163 (rodovia Santarém- Cuiabá) e a cidade de Mojuí dos Campos. O corpo do taxista foi encontrado com várias perfurações de faca. O agricultor comunicou o caso à Polícia de Mojui dos Campos, que entrou em contato com a Polícia de Santarém. O taxista fazia ponto em frente o Terminal Rodoviário de Santarém ou no ponto do cruzamento da Avenida Cuiabá com a Rua Tancredo Neves. Ele saiu de sua residência na quarta-feira, dia 6, à tarde para fazer uma corrida até a cidade de Belterra, que fica à margem da rodovia Santarém-Cuiabá. Por volta de uma hora da madrugada de quinta-feira a família resolveu ligar para o celular de Antonio e não conseguiu mais contato.

O foragido Edvaldo de Paula Silva havia sido preso também pela polícia civil de Uruará no dia 11 de março de 2013, quando também foram presos outros dois envolvidos no crime, Alan Diego de Souza e Isaac José Serra da Silva.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Com várias passagens pela polícia homem é morto a facada na cidade de Medicilândia

Por Joabe Reis

Papocamos a informação!

Na noite desta quarta-feira, 06 de janeiro, um homem foi assassinado com uma facada no peito, crime ocorrido na cidade de Medicilândia, cidade paraense as margens da Transamazônica (BR 230).
Por volta das 21horas a Polícia Militar de Medicilândia foi informada via telefone que um uma pessoa havia sido vítima de homicídio no Baixão do Jacaré. A guarnição de serviço foi até ao local e constatou a veracidade dos fatos. A vítima era Rafael Marques do Nascimento de 25 anos, com diversas passagens na polícia (já havia sido preso diversas vezes). Segundo relatos de testemunhas, a vítima saiu das mediações de um local ermo (antigo matadouro) correndo e pedindo socorro, vindo a cair em frente a uma residência e logo em seguida foi a óbito. Rafael estava com uma perfuração na altura do tórax, feito provavelmente por um objeto perfuro cortante do tipo faca. O local foi isolado pela PM e a polícia civil foi acionada para as providências cabíveis.

A autoria do homicídio ainda é desconhecida, assim como a motivação do crime.

Outro crime na mesma noite, mas na cidade de Altamira, também as margens da TransamazônicaFamília é morta em Altamira durante ação de criminosos


Família assassinada
A polícia ainda não sabe explicar o motivo do triplo homicídio na Rua Anchieta, bairro Sudam 1 em Altamira, sudoeste do Pará, ocorrido nesta madrugada de quinta-feira (07), por volta de 1h, quando 4 homens armados entraram na casa da família Buchinger e fizeram reféns, marido, esposa e 3 filhos, um casal de filhos foi colocado dentro de um banheiro.
Luiz Alves e a Esposa Irma Buchinger acompanhados do filho de 27 anos Ambrósio Neto, foram algemados com braçadeiras de plástico, os assaltantes então reviraram a casa em busca de dinheiro e alguns documentos, depois mataram os 3 e fugiram usando um carro da família.
Os dois filhos que ficaram no banheiro conseguiram escapar pulando a janela que dá acesso para fora do quarto no segundo andar, eles acionaram a polícia logo em seguida, Samu e Bombeiros foram acionados, porém marido, esposa e filho estavam mortos.

As informações sobre o crime em Altamira são do jornalista Felipe Adms

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Em Uruará preso envia bilhete a delegado pedindo emprego

Por Joabe Reis

Papocamos a informação

Um acusado de cometer violência doméstica de prenome Romulo enviou nesta segunda-feira, 04 de janeiro, um bilhete ao Delegado Titular da Delegacia de Polícia Civil (Depol) de Uruará, Walison Damasceno, pedindo um emprego na delegacia. No bilhete o preso que está recolhido na carceragem da Depol disse que ajudaria no que a autoridade policial precisasse como na capina e na lavagem do pátio.

Sobre o bilhete o delegado respondeu que não há possibilidade de que a solicitação seja atendida sendo que a lei não permite.