Espaço Natura Joabe Reis

Espaço Natura Joabe Reis
Click na imagem e Compre Produtos Natura acessando o site http://rede.natura.net/espaco/joabereis produtos Natura, como perfumes, com até 60% de desconto em relação a revista.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Moto roubada em Medicilândia é recuperada pela PC em Uruará

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Uruará
Uruará: Policial Civil se passa por comprador para prender receptador que oferecia na internet moto roubada
Uma motocicleta roubada na cidade de Medicilândia foi recuperada pela polícia civil na cidade de Uruará após indivíduo oferecer o veículo num site de compra e venda na internet. O vendedor foi preso por receptação. O caso ocorreu nesta quarta-feira, 18. No início da tarde a equipe de plantão da Polícia Civil (IPC Alexandre e DPC Walison Damasceno) recebeu informações sobre uma moto roubada no município de Medicilândia que estaria em Uruará. os policiais apuraram informações de que uma pessoa estaria oferecendo a motocicleta em um site de vendas, sendo que o veículo oferecido apresentava características semelhantes ao que foi roubado em Medicilândia.
Os polícias após contato com o vendedor, se passando por comprador, conseguiram localizar a motocicleta e ao chegar à residência onde o veículo estava foi constatado após averiguação que a motocicleta era roubada.
O nacional, William Melo Batista, foi detido e conduzido para a delegacia, o mesmo alegou que adquiriu o veículo há cerca de dois meses, sendo que a pessoa que lhe vendeu entregou uma nota fiscal da moto no ato da negociação. Na delegacia a nota fiscal foi verificada pela autoridade policial quando se constatou que a mesma era falsa.
Posteriormente a motocicleta foi entregue a vítima.

O indivíduo flagrado vendendo a moto broz foi autuado pelo crime de receptação e ficará a disposição da justiça. Destaca-se que as investigações continuam para apurar de quem William adquiriu a moto”, informou o delegado Walison Damasceno.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Agricultores exigem e gerência do Banco da Amazônia é trocada no município de Uruará

Por Joabe Reis
Após saída de gerente exigida por agricultores, Banco da Amazônia em Uruará está sob gerência interina
A Agência do Banco da Amazônia do município de Uruará, no sudoeste do Pará, passa por mudança na sua gerência geral. No início desta semana (16 de outubro) a Gerente de Pessoa Física, Sandra dos Santos, assumiu interinamente como gerente geral da agência após a saída do gerente, Julio Cesar, que tirou férias e posteriormente será transferido para outra localidade ainda não definida. A saída do gestor da agência ocorreu após solicitação de agricultores do município que chegaram a se reunir por várias vezes para discutir sobre o tema e até haviam decidido tomar (ocupar) a agência no dia 16 de outubro como protesto para pedir a saída do gerente, fato que não chegou a ser concretizado. Os agricultores estavam insatisfeitos pela forma como estava sendo conduzida a concessão de crédito pela gerência do referido banco no município, entre outras reclamações.
Ao ser procurado o banco informou à nossa reportagem que Sandra dos Santos assumiu a gerência de modo interino e que a mesma deve ficar respondendo pela gerência geral do banco até a chegada de um novo gestor titular e que Júlio Cesar será transferido para uma agência de outra localidade ainda não definida. O banco informou ainda que os agricultores com dívidas pendentes podem procurar a agência normalmente para renegociação, destacando que o prazo para renegociar dívidas com descontos de até 85% garantidos pela lei 13.340 se encerra no dia 30 de dezembro.
O banco informou ainda que o agricultor com dívida atrasada deve comparecer ao banco munido com seu documento CPF para que seja verificado qual derivação será adotada com base no seu financiamento contratado. de acordo com o banco, o tamanho do desconto garantido pela lei 13.340 depende do ano que foi contratada a operação e do valor que foi contratado, os descontos podem variar de 20% a 85%.
A reportagem não conseguiu contato com Júlio Cesar para comentar o assunto.

sábado, 14 de outubro de 2017

Mais de 10 kg de super maconha que estavam em micro-ônibus são apreendidos em Rurópolis, droga teria saído de Uruará

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Militar de Rurópolis (17ªCIPM)
Droga que teria saído de Uruará é encontrada em micro-ônibus de transporte intermunicipal em Rurópolis
Uma grande quantidade de droga foi apreendida na manhã deste sábado, 14, na Transamazônica (BR-230), no município de Rurópolis, sudoeste do Pará. A apreensão ocorreu durante uma operação conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil, denominada ‘Barreira’, que fiscalizou veículos no trânsito da BR a 2 km do centro urbano, sentido cidade de Placas. Segundo informou a PM, a droga do tipo skunk ou super maconha, foi encontrada dentro de um micro-ônibus de uma empresa que faz o transporte intermunicipal de passageiros na região da Transamazônica (BR-230) entre Altamira e Santarém, passando por Uruará e Rurópolis. 
Foram apreendidos 10.5 kg de super maconha. A droga foi apresentada a autoridade policial na Delegacia de Polícia Civil do município de Rurópolis para os procedimentos cabíveis.
Ainda de acordo informou a PM, um indivíduo suspeito de estar de posse da droga ao ver a polícia desceu do micro-ônibus e fugiu antes de passar pela revista policial. O mesmo que ainda não foi identificado, está sendo alvo de buscas realizadas pela PM e PC na cidade de Rurópolis.

A operação teve a participação de Policiais Militares da 17ªCIPM ( sgt PM Dutra,  cb PM Dia  e  sds  PMs Dayson e Serra, sob o comando do major PM Márcio Abud) e Policiais Civis (investigador  Antonio e  escrivão Ronivaldo ,  a cmdo do delegado Kleber e também teve a participação do investigador  Helio,  chefe  de  operações  da  Policia Civil de Santarém).

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Cuide dos seus olhos, Marque agora a sua consulta

O médico oftalmologista, Dr. João Neto estará atendendo na Clínica Jardim Morumbi, em Uruará, nos dias 13, 14 e 15 de novembro. No dia 15 o Dr. João Neto estará realizando cirurgias de catarata. Não perca tempo e marque agora a sua consulta! Vá a Nossa Ótica, na Perimetral Norte ou Ligue 992142840 e fale com a Vanderléia.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Funcionária pública é vítima de assalto na zona sudeste da cidade de Uruará

Por Joabe Reis
Criminosos roubam moto de servente de escola durante assalto em Uruará
Uma funcionária pública do município de Uruará teve a moto roubada durante assalto na zona sudeste da cidade de Uruará. A vítima, que preferiu manter seu nome em sigilo, trabalha como servente numa escola da cidade. A mesma havia saído do trabalho na noite desta quarta-feira, 04, e foi até a Praça Municipal, no centro da cidade, comprar comida, e quando retornava para sua residência na zona sul, foi surpreendida ao ser abordada por 2 indivíduos ao passar pela Rua 15 de Novembro, esquina com a Avenida Pará, os criminosos estavam armados e anunciaram o assalto. A servente não reagiu e entregou a moto e o telefone celular aos assaltantes que fugiram em seguida tomando rumo ignorado. O caso ocorreu por volta das 22 horas. A motocicleta roubada é uma Biz 125, ano 2013, na cor vermelha, com a placa OTD 4787.
A servente registrou o boletim de ocorrência na manhã desta quinta-feira, 05, na Delegacia de Polícia Civil.


Para quem quer faturar uma grana é clicar no link e criar o seu perfil, simples e muito fácil!
https://freebitco.in/?r=7291235

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Extração de madeira da TI Cachoeira Seca é alvo de operação da PF em Uruará e mais 4 municípios do Pará e no Paraná e Santa Catarina

Por Joabe Reis
PF faz operação em Uruará contra roubo de madeira na Terra Indígena Cachoeira Seca
A Polícia Federal no Pará deflagrou na manhã desta quarta-feira (4) a Operação Anhangá Arara, de combate à extração ilegal de madeira nobre na Terra Indígena (TI) Cachoeira Seca.
Foram expedidos pela Justiça Federal de Altamira, no sudoeste do Pará, 10 mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para depor, 11 mandados de sequestro de bens e valores e 6 mandados de busca e apreensão em empresas e casas dos investigados, além da suspensão das atividades das empresas envolvidas no esquema.
Cerca de 40 policiais federais participam da operação nas cidades de Uruará, Placas, Rurópolis, Santarém, Castelo dos Sonhos e Altamira, no Pará; em Porto União (SC), Curitiba (PR) e União da Vitória (PR).
De acordo com a PF, a investigação começou após relatório da Operação Cachoeira Seca, realizada pelo Ibama, que apontou que a TI Cachoeira Seca estava sendo alvo de exploração ilegal de madeira. Durante as averiguações foi identificado um grupo empresarial composto por familiares, cujo o patriarca era o responsável pela coordenação da extração ilegal de madeira em áreas protegidas e por escoar a madeira para as empresas do grupo familiar.
Para burlar a fiscalização e dar teor legal à madeira, o grupo fraudava créditos florestais por meio de inserção de dados falsos no Sisflora, além de utilizar Planos de Manejo Florestal de fachada. Depois a madeira era transmitida entre empresas do grupo até ser exportada por meio de portos de Belém e do Sul do Brasil.
O destino da madeira abrange os continentes Americano (EUA, Panamá, Argentina), Europa (França, Reino Unido, Alemanha) e Ásia (Emirados Árabes Unidos, Coreia do Sul). Segundo laudo pericial da Polícia Federal, estima-se o dano ambiental em um valor aproximado de R$ 574.912.424,78, referente exclusivamente às atividades de extração ilegal de madeira do interior da Terra Indígena Cachoeira Seca e R$ 322.145.395,69 referentes aos produtos florestais extraídos ou destruídos quando da abertura das áreas classificadas como “corte raso”, totalizando um valor de R$ 897.057.820,47.
No decorrer de um pouco mais de 1 (um) ano de investigação, apurou-se que a associação criminosa é composta por um grupo empresarial familiar que, mediante a prática de infrações penais capituladas no art. 50-A da Lei 9.605/98, arts. 288 e 299 do Código Penal, coordenava a extração seletiva de madeira nobre –IPÊ – dentro da TI Cachoeira Seca, e mediante fraude em créditos florestais por meio de inserção de dados falsos no SISFLORA, legalizava a madeira extraída ilegalmente, com o objetivo final de abastecer o mercado exterior.
O delegado Vicente da Polícia Federal de Altamira, realizou a oitiva de um dos investigados em Uruará na manhã de hoje. A oitiva ocorreu num hotel da cidade.

Para quem quer faturar uma grana é clicar no link e criar o seu perfil, simples e muito fácil!
https://freebitco.in/?r=7291235

sábado, 30 de setembro de 2017

Mulher é presa por furtar celulares na Feira Agropecuária de Uruará

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Uruará
Mulher de Porto Velho é presa suspeita de furtar celulares durante festa de exposição agropecuária em Uruará
A Polícia Militar que faz o trabalho de manter a ordem durante a festa da 28ª Feira Agropecuária do município de Uruará, sudoeste do Pará, conseguiu deter e tirar de circulação um indivíduo que estava fazendo várias vítimas na festa ao furtar celulares, na noite desta sexta-feira, 29. A nacional, Jessica Dayane Santos da Silva, 25 anos foi apresentada a autoridade policial (Delegado Walison Damasceno) na Delegacia de Polícia Civil do município para os procedimentos. Segundo informou a polícia, a mesma diz ter chegado a cidade há 2 dias vinda da cidade de Porto Velho, Rondônia. Ainda segundo informou a polícia, pelo menos 5 vítimas compareceram na delegacia na manhã deste sábado informando do furto de telefones celulares e reconheceram a suspeita como autora de furtos de celulares ocorridos no Parque de Exposições Ângelo Debiase. Um telefone celular furtado foi encontrado em posse de Jessica que será autuada pelo crime de furto. A mesma nega ter cometido os crimes.
Para quem quer faturar uma grana é clicar no link e criar o seu perfil, simples e muito fácil!
https://freebitco.in/?r=7291235
Para furtar os celulares a suspeita esbarrava ou se encostava nas vítimas. Uma terceira pessoa estaria atuando no crime, como informou o delegado. “Aproveitando a grande aglomeração de pessoas ela passava e empurrava ou encostava na pessoa e conseguia tirar o celular do bolso da vítima. Uma das vítimas logo em seguida ao fato percebeu o furto e conseguiu localizar a Jessica e encontrou o celular com a mesma, a vítima então acionou a polícia militar que fez a detenção e a apresentou aqui na delegacia. As informações que ela nos disse a seu respeito não batem e inclusive o próprio nome que ela nos forneceu não confere nos nossos sistemas. A história dela é bem fantasiosa. Acreditamos que há uma terceira pessoa, pois provavelmente ela subtraia o celular e já passava rapidamente para esta outra pessoa para o caso de ser detida, não estaria nada com ela. Um homem teria sido visto na companhia dela. Orientamos para que as pessoas fiquem atentas e tomem medidas preventivas quando estiverem em locais com grande concentração de pessoas, como por exemplo, colocarem o telefone e dinheiro no bolso da frente”, asseverou o delegado Walison Damasceno.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Eleitos em pesquisa popular 3 vereadores de 1º mandato em Uruará recebem prêmio em Belém

Por Joabe Reis
Uruará: Prefeito Gilson, Vereador Leonardo, Vereadora Sita e Vereador Adrinaldo, recebem prêmio destaque do Instituto Tiradentes
Os três vereadores no município de Uruará, sudoeste do Pará, eleitos como destaques do legislativo uruaraense numa pesquisa de opinião pública, receberam nesta sexta-feira, 29, em Belém, capital do Pará, a Medalha Tira Dentes, como reconhecimento pelo destaque. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Tiradentes (IT) (órgão não governamental com origem em Minas Gerais e que acompanha a atuação de vereadores por todo o país) entre os dias 13 e 27 de julho deste ano e elegeu em 1º lugar a Vereadora Maria da Conceição, a Sita da Saúde (PHS), com 118 pontos, em 2º lugar o Vereador Leonardo Alves (PT do B) com 107 pontos e em 3º lugar o vereador Adrinaldo Martins (PPS) com 99 pontos.
Os Três vereadores destaques foram eleitos para o 1º mandato no legislativo municipal nas eleições de 2016. A pesquisa foi realizada por meio de telefone.
 Maria da Conceição, Leonardo Alves e Adrinaldo Martins, participaram do 117º Seminário Brasileiro de Prefeitos, Vereadores, Procuradores jurídicos, Controladores Internos, Secretários e Assessores Municipais, promovido pelo Instituto Tiradentes, que ocorreu quinta-feira, 28, e sexta-feira, 29, em Belém.
Ver. Leonardo Alves e Pref. Gilson Brandão
Também participou do evento o prefeito do município de Uruará, Gilson Brandão (PMDB) que teve uma aprovação popular de seu governo de 84% em pesquisa realizada pelo Instituto Tiradentes. Gilson Brandão também recebeu a medalha de reconhecimento pela considerável aprovação de seu governo nos primeiros 150 dias de sua gestão.

O Instituto Tiradentes, atua na realização de eventos de capacitação por todo Brasil com o objetivo de qualificar gestores públicos, estimulando o debate entre empresários, políticos e intelectuais de temas pertinentes à administração pública.

Para quem quer faturar uma grana é clicar no link e criar o seu perfil, simples e muito fácil!
https://freebitco.in/?r=7291235

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Uruará: Jovem é assassinado com 14 facadas durante bebedeira

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil de Uruará
Vítima, Eldomike
Bebedeira termina em homicídio na cidade de Uruará
Um homem foi morto a facadas na noite desta terça-feira na cidade de Uruará, sudoeste do Pará. Segundo informou a Polícia Civil, o homicídio ocorreu por volta de 22:30 horas na zona oeste da cidade, e teve como vítima o nacional Eldomike da Costa Santos, 23 anos, que foi morto com 14 perfurações de arma branca, tipo faca.
IPC Eládio e IPC Tadeu no local do crime
A equipe de plantão da Polícia Civil (IPC Eládio, IPC Tadeu, EPC Ivan e DPC Walison) foi ao local para realizar os primeiros levantamentos investigativos.
Levantamentos preliminares informam que a vítima estava ingerindo bebida alcoólica com algumas pessoas, próximo a um Mercantil. Após desentendimento, com pessoa ainda não identificada, esta deferiu diversas facadas na vítima que teve morte instantânea. Diligências continuam para identificar as testemunhas oculares e a autoria do crime”, informou o delegado Walison Damasceno.
A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas.
Um inquérito policial foi instaurado para apurar o homicídio.

Para quem quer faturar uma grana é clicar no link e criar o seu perfil, simples e muito fácil!
https://freebitco.in/?r=7291235

Caminhão pega fogo ao cair de ponte na Transamazônica em Uruará

Por Joabe Reis
Caminhão cai de ponte na Transamazônica e pega fogo, próximo a cidade de Uruará
Na madrugada desta quarta-feira, 27, um caminhão que seria madeireiro, caiu de uma ponte do km 187 da rodovia Transamazônica (BR-230) a 7 km do centro urbano da cidade de Uruará, sentido cidade de Placas, no sudoeste do Pará.
O caminhão foi totalmente consumido pelo fogo. Não há informações sobre a identidade do motorista nem se houve feridos. O Hospital Municipal de Uruará informou que ninguém procurou a unidade hospitalar para receber atendimento referente ao caso.
Segundo informações de populares, o caminhão não estava carregado quando caiu da ponte. Segundo informações colhidas pela guarnição de serviço da Polícia Militar que foi ao local, o motorista teria sofrido apenas escoriações leves.