terça-feira, 20 de setembro de 2016

Procura por autor de furto de computadores da Secretaria Municipal de Assistência Social continua

Por Joabe Reis
Coordenador fala sobre furto na Secretaria Municipal de Assistência Social em Uruará (PA)
Nesta terça-feira, 20, a nossa reportagem foi recebida na Secretaria Municipal de Assistência Social de Uruará (PA) pelo coordenador do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) no município, Jonnata Arrais, que contou como aconteceu o furto de 8 notebooks e mais alguns acessórios da Secretaria Municipal  de Assistência Social, antigo CRAS, no Bairro Progresso, zona oeste da cidade, fato ocorrido no domingo, dia 18 de setembro de 2016. 
O coordenador nos mostrou as portas que foram arrombadas pelos indivíduos. De acordo com o coordenador o furto só foi percebido na segunda-feira, 19. Segundo Jonnata, os elementos arrancaram a fechadura da porta dos fundos para ingressarem no prédio e ele contou ainda que internamente foram violadas 3 salas, sendo que duas delas tiveram as portas arrombadas, de onde foram subtraídos os equipamentos.
Os objetos furtados são avaliados em mais de 20 mil reais.
Sobre a falta de vigia nos finais de semana na secretaria, Jonnata Arrais afirmou que foi remanejado um vigia para ficar no período do dia nos finais de semana. E as fechaduras quebradas já foram recolocadas. O coordenador acredita que o autor ou autores pularam o muro dos fundos para praticarem o furto.
A polícia segue investigando o caso.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Computadores da Secretaria de Assistência Social são furtados em Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Informação: Polícia Civil
Ladrão furta Secretaria de Assistência Social na zona oeste da cidade de Uruará (PA)
O prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), onde funcionava o CRAS, foi alvo de ladrões neste domingo (18). O autor do fato encontrou facilidade para entrar no prédio e furtar 8 notebooks, 1 no-break, 1 maleta de microfone duplo sem fio, entre outros objetos. No local também não havia vigia guarnecendo o prédio durante o dia nos finais de semana. 
A Secretaria registrou o Boletim de Ocorrência no início da tarde desta segunda-feira (19).
A equipe de plantão da Polícia Civil (EPC Ivan Santos e IPC José Tadeu) esteve no local para fazer os primeiros levantamentos e após o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia, deu prosseguimento às investigações do caso.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

11° homicídio do ano no município de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil 
Briga entre alcoólicos acaba em morte por esfaqueamento no centro de Uruará  (PA)
Um homem morreu no centro da cidade de Uruará (PA) nesta sexta-feira, 16, ao ser esfaqueado no peito. O crime ocorreu por volta das 15h30min. A vítima foi identificada pelo nome de, Aroldo Pereira da Silva, 33 anos. O autor do fato, Jorge Cardoso da Silva, 41 anos, foi preso em flagrante pouco tempo depois de cometer o crime.
Este foi o 11° homicídio do ano de 2016 ocorrido no município de Uruará e como na maioria dos casos houve o envolvimento de bebida alcoólica.
Segundo o que foi apurado pela polícia, a vítima e o autor estavam ingerindo bebida alcoólica em uma praça da cidade, local onde fica vários dependentes de álcool.
Após uma discussão, a vítima desferiu um tapa no rosto do autor, o qual se armou com uma faca,  tipo de mesa, desferindo um golpe fatal no peito da vítima. 
A vítima foi socorrida ao hospital, porém chegou sem vida.
"A polícia Militar em diligência nas proximidades foi informada do fato e onde estaria o autor, pois esse após o homicídio foi para um bar e continuou bebendo.
Os policiais foram até ao local e fizeram a prisão do autor, o qual confessou a prática delituosa", detalhou o delegado Walison Damasceno.
Na delegacia foi realizado o procedimento flagrancial, estando o preso agora a disposição da justiça. 
O autor do fato era morador de rua e vivia de trabalhos braçais.

Apenas 4 vereadores comparecem e Sessão Ordinária não acontece na Câmara de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Campanha política volta a esvaziar Câmara Municipal de Uruará (PA)
Por falta de quórum a sessão ordinária da Câmara Municipal do município de Uruará não aconteceu nesta sexta-feira, 16, e mais uma vez os problemas vivenciados pela população não foram discutidos. Menos de um terço dos parlamentares compareceram na casa de leis, compareceram na Câmara nesta sexta-feira os vereadores, Zenilson Negão (PMDB), Gilmar Milanski (PMDB), Jacson Oliveira (PP) e Paulo Medeiros (PT).
Foto da ata de presença
recebida pelo nosso blog
Esta foi a 3ª Sessão seguida que não aconteceu por falta de quórum desde o início do período de campanha eleitoral.
As Sessões Ordinárias acontecem apenas uma vez por semana. Desde o retorno do recesso parlamentar do meio do ano, em 1º de agosto, houve quorum em apenas uma Sessão, com o comparecimento de somente 7 vereadores. No período deveriam ter ocorrido 6 Sessões Ordinárias. 
O Vereador Zenilson Negão, candidato a reeleição com o número 15100, é um dos vereadores que sempre compareceu na casa de leis nas 6 datas em que deveriam ter ocorridos as Sessões. Zenilson Negão é o único vereador a lutar pelos interesses da população desde o início de seu mandato em janeiro de 2013, sendo oposição declarada ao governo municipal que afundou o município. Zenilson Negão não se corrompeu (não se vendeu) mesmo sendo tentado.

O município de Uruará tem 13 vereadores.
Pelo o que está visivelmente notório, na casa de leis em que se via desde o início (em janeiro de 2013) apenas 1 vereador defendendo os interesses e lutando pelos direitos do povo (Vereador Zenilson Negão do PMDB), tudo está parado, a Câmara Municipal está parada.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

13 de setembro é aniversário de Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Sem atos comemorativos Município de Uruará (PA) completa 29 anos
Lugar de um povo trabalhador, povo hospitaleiro e solidário. Uruará, município paraense localizado na Transamazônica que nesta terça-feira, 13 de setembro de 2016, está completando seus 29 anos de emancipação. Município de agricultura por ora latente, porém muito forte em condições favoráveis, terra do cacau, da pecuária e da madeira, trinca que tem mantido forte sua economia ao longo dos anos.
Município que cresceu bastante na última década que antecedeu 2013 e tem potencial para crescer muito mais.
Em 1987, no dia 13 de setembro foi homologada a emancipação do município que antes pertencia ao município de Prainha e, através das lutas incansáveis dos pioneiros foi possível conquistar o desvencilhamento e criação do município.
A data é considerada feriado municipal.
Parabéns Uruará e toda a sua população! 
OBS. Pela primeira vez nesses seus 29 anos não houve um ato cívico sequer para lembrar a passagem do aniversário do município.

Hino de Uruará
Letra por José Ribamar Martins Ribeiro
Melodia por José Ribamar Martins Ribeiro

Encanto e beleza sublime
relíquia luzente sem par
Farol entre a selva gigante,
na amazonia do nosso Pará.
Oásis de grande aconchego
sossêgo da luta hostil
Oh, povo bem-aventurado,
bem localizado no nosso Brasil.
(Refrão)
Uruará, Uruará
ordem e progresso, força e riqueza
Está crescendo é do Pará
toda relíquia, toda beleza.
Coroado por belas fazendas
que revelam todo manancial
Que a flux com toda realeza
o café, a pimenta e o cacau.
Te adoramos querida cidade
lutaremos por ti com amor
Com bravura e com fidelidade
com benevolência e bravo fervor.
É ornado o teu céu azulado
pelo reluzente sol do equador,
Teu aroma é puro e saudavél
é mui inefável teu belo verdor.

Te adoramos querida cidade
lutaremos por ti sem cessar
És augusta e vital, consagrada
oh, patria amada. Meu Uruará.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Bloqueio das verbas da Prefeitura de Uruará é mantido na justiça em Belém

Por Joabe Reis
TJE mantém bloqueio de verbas para pagar funcionários da Prefeitura Municipal de Uruará (PA)
A justiça manteve em 2ª Instância o bloqueio parcial das verbas da prefeitura do município de Uruará (PA). A decisão monocrática saiu no final da tarde desta segunda-feira, 12. A Desembargadora, Rosileide Maria da Costa Cunha, foi a relatora do processo de Agravo de Instrumento (N° 0010461-11.2016.8.14.0000) com pedido de efeito suspensivo interposto pelo prefeito Everton Moreira, o Banha (Solidariedade), contra decisão prolatada pelo MM. Juízo de Direito da Vara Única da Comarca de Uruará, nos autos do Mandado de Segurança Coletivo, com pedido liminar (Processo n.º: 0005712- 44.2016.814.0066), movido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uruará. 
Des. Rosileide Cunha
A tentativa do prefeito era desbloquear as verbas bloqueadas pelo Juiz de Direito Substituto da Comarca de Uruará, Michel Campelo, mas o pedido foi indeferido pela desembargadora. As verbas foram bloqueadas na segunda quinzena de agosto de 2016 para que os salários dos servidores fossem pagos.
O juiz havia deferido o pedido liminar determinando o bloqueio judicial das verbas de 54% do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), do valor integral do FUNDEB (Fundo de Manutenção da Educação Básica), dos FUS (Fundo Especial do Petróleo), do ICMS, do ITR, do FEX (Auxílio Financeiro para Fomento Exportações), do SNA (Simples Nacional), do FUS (Fundo da Saúde) e do ICMS do Estado, 50% do AIH (Autorização de Internação Hospitalar), 50% do PAB (Programa de Atenção Básica) e 50% do PAB Estadual, repassadas mensalmente ao município de Uruará/PA, oficiando ao BANCO DO BRASIL, BANPARÁ, BANCO DA AMAZÔNIA e CAIXA ECONÔMICA FEDERAL para que retenham o valores presentes e futuros até ulterior deliberação, para fins de pagamento dos salários julho/2016 e vincendos até dezembro/2016, ressaltando que os referidos bancos não poderão realizar movimentação nas referidas contas da Prefeitura sem a devida ordem judicial.
Na decisão a desembargadora cita que “na situação introduzida à análise deste Poder Judiciário, não vislumbro a presença dos requisitos necessários à concessão do efeito suspensivo. Isto porque o agravante não trouxe nenhuma prova robusta de que a decisão ora agravada poderia causar dano grave e de difícil reparação, sobretudo, em razão da decisão posterior do Juízo singular, que se retratou parcialmente da decisão anteriormente lançada, nos seguintes termos: DISPOSITIVO Assim atento ao ordenamento jurídico desbloqueio totalmente o: PAB e PAB ESTADUAL, ITR, FEX, FUP (fundo especial do petróleo) ICMS (LEI KANDIR). Reduzo o bloqueio do FUS (Fundo de Saúde) para o percentual de 80%. Mantenho bloqueado o FPM no mesmo percentual anterior de 54%. Mantenho bloqueado o FUNDEB no mesmo percentual anterior 100%. Mantenho bloqueado o AIH em 50%. Reduzo o bloqueio do ICMS ESTADUAL para 50%. Ademais, o cerne da questão diz respeito ao direito dos servidores ao recebimento de seus salários em atraso, referente ao mês de junho/2016. Não há qualquer objeção de que o direito pleiteado no mandamus de recebimento de salários dos servidores públicos tem caráter alimentar e deve ser cumprido (efetuado o pagamento) no tempo devido, sob pena de violação das correlatas. Embora a legislação estabelece pagamento por precatório quando se tratar de débito da Fazenda Pública, a questão de atraso de pagamentos de salários dos servidores não segue essa regra, eis que, como dito, se trata de verba de caráter eminentemente alimentar. Ante o exposto, ausentes os requisitos legais para concessão, INDEFIRO O PEDIDO DE EFEITO SUSPENSIVO, nos termos da fundamentação acima exposta”, finaliza a desembargadora. 

Inscreva-se no nosso Canal Clima Quente no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA. Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição! 

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

PC apreende menores suspeitos de cometerem assaltos em Uruará (PA)

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil
Dois adolescentes foram apreendidos por roubo de celulares em Uruará (PA)
Adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidos suspeitos de estarem praticando roubo de celulares na cidade de Uruará.
A equipe de plantão da Polícia Civil (IPC Eládio Cruz, IPC José Tadeu e Delegado Walison Damasceno) foi informada sobre dois adolescentes que estavam cometendo roubos na cidade às vezes usando faca. 
A Polícia Civil passou a diligenciar e encontrou os 2 adolescentes que foram apreendidos. Eles usavam uma motocicleta pop vermelha que era alugada. O veículo pertence ao nacional de prenome Ramon, que de acordo com a polícia aluga a motocicleta para indivíduos cometeram assalto. A apreensão foi efetuada por volta das 6 horas e 30 minutos desta sexta-feira, 09. Com os adolescentes foi encontrado 1 celular que teria sido roubado na noite desta quinta-feira, 08.
As pessoas que foram roubadas nos últimos dias devem comparecer na delegacia para fazer o reconhecimento, sendo que a identidade das vítimas é mantida em sigilo.


Inscreva-se no nosso Canal Clima Quente no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA. Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição! 

Vítima de naufrágio no Rio Xingu corpo de professora de Uruará (PA) é encontrado

Por Joabe Reis
Informações: Felype ADMs
Corpo da professora Zilac, do município de Uruará (PA), é encontrado no Rio Xingu
Equipes de resgate encontraram o corpo da professora de Uruará vítima de naufrágio ocorrido no Rio Xingu no sítio Pimental em Belo Monte, o corpo de Zilac Zelda Guedes Ferreira, 31 anos, foi encontrado por volta de 1h45 desta sexta-feira, 09. Participaram das buscas as equipes dos bombeiros e seguranças da obra desde as 20h de quarta-feira, 07, quando o naufrágio ocorreu próximo as comportas do barramento no Sítio Pimental a 46km de Altamira.
A Norte Energia informou em nota nesta quinta-feira que na última quarta-feira, 07, por volta das 19 horas, ocorreu o naufrágio de uma embarcação de pequeno porte (tipo rabeta) na região à jusante do barramento da Usina de Pimental. A embarcação era ocupada pelo casal Luzivaldo Feitosa Pires, 41 anos e Zilac Zelda Guedes Ferreira, 31 anos.

Luzivaldo e Zilac são professores de ensino fundamental na comunidade Agrovila Sol Nascente, em Altamira. Luzivaldo foi resgatado por agentes de segurança e Zilac havia ficado desaparecida e encontrada apenas na madrugada desta sexta-feira, 09.

Os dois pescavam em local muito próximo ao barramento e teriam sidos alertados verbalmente pela Segurança Patrimonial da Norte Energia de que as atividades de pesca e navegação são proibidas na área. Ignorando os alertas, se aproximaram ainda mais da barragem, quando foram envolvidos pelo rebojo das águas. O barco em que estavam naufragou e ambos foram atraídos para o interior da comporta 9 que estava com uma abertura de 75 cm para a manutenção da vazão mínima do Rio Xingu. As demais comportas estavam fechadas.
Zilac Guedes é filha de moradores da cidade de Uruará, o ex-vereador do município, Adelmo e esposa Geni, candidata a vereadora. Foi professora no município de Uruará e atualmente trabalhava no município de Altamira.

A família aguarda a liberação do corpo da professora pelo IML em seguida o corpo será trasladado para a cidade de Uruará.


Inscreva-se no Canal Nosso Clima Quente nenhuma YouTube  https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA . Desde já Agradecêmos a sua visita ea SUA Inscrição! 

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Professora filha de ex-vereador de Uruará (PA) está desaparecida no Rio Xingu

Por Joabe Reis
Com informações de Felype Adms
Professora de Uruará (PA) está desaparecida após barco naufragar no Rio Xingu em Altamira (PA)
Um barco de pequeno porte naufragou no Rio Xingu nesta quarta-feira, 07. Na embarcação estava uma professora e o esposo que aproveitaram o feriado de 7 de setembro para pescar, o acidente aconteceu no momento em que eles se aproximaram do barramento no sítio Pimental a 46 km de Altamira, área de segurança nacional da hidrelétrica de Belo Monte.
A embarcação chegou a poucos metros das comportas da usina, local de muita turbulência e corredeiras, o naufrágio aconteceu por volta das 18h, o homem conseguiu se segurar em cordas, já a mulher, identificada como Zilac Zelda Guedes Ferreira, de 35 anos, professora da escola Sol Nascente na Gleba Assurini (zona rural de Altamira - PA), foi levada na correnteza e está desaparecida. Equipes de segurança e salvamento realizam buscas desde a noite desta quarta-feira (07), até as 11h desta quinta-feira, 08, o corpo ainda não havia sido encontrado.
Zilac Guedes
Zilac Guedes é filha de moradores da cidade de Uruará, o ex-vereador do município, Adelmo e esposa Geni, candidata a vereadora. Foi professora no município de Uruará e atualmente trabalhava no município de Altamira.
A empresa Norte Energia, responsável pela Hidrelétrica de Belo Monte, ainda não se pronunciou sobre o caso, mais detalhes a qualquer momento.


Inscreva-se no nosso Canal Clima Quente no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA. Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição! 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Justiça libera pagamento de salários de servidores em Uruará (PA) e prefeito recorre pedindo desbloqueio de verbas

Por Joabe Reis
Colaboração: Cirineu Santos
Após bloqueio de verbas justiça libera pagamento de 2 meses de salários atrasados de servidores em Uruará (PA)
Após bloquear as verbas da prefeitura do município de Uruará (PA) a justiça liberou o primeiro pagamento de salários e determinou nesta quinta-feira, 01, que o banco, que seria o Banco do Brasil, pague os salários dos servidores contratados e substitutos da educação, os salários dos servidores da Secretaria de Viação e Obra e os salários dos servidores da Secretaria de Assistência Social,  no município de Uruará (PA). O pagamento será referente aos meses de maio e junho de 2016 que estão atrasados. Com relação aos servidores de outras secretarias, que também estão com os salários atrasados, a justiça está aguardando a prefeitura repassar as folhas de pagamento para que assim seja dada a ordem para pagar. A informação foi passada pelo Sintepp subsede Uruará.
Recorrendo do Bloqueio de verbas – O prefeito do município de Uruará, Everton Moreira (Banha), do partido Solidariedade, recorreu da decisão liminar deferida pela justiça de Uruará e entrou com um Agravo de Instrumento, de número: 0010461-11.2016.8.14.0000, pedindo o desbloqueio das verbas na Vara de 2ª Câmara Cívil Isolada, Instância de 2º Grau da Comarca de Belém.
O Sintepp Uruará informou que está com advogados do Sintepp Belém defendendo a causa dos servidores.
O Bloqueio das verbas da prefeitura - O Juiz de Direito substituto da Comarca de Uruará, Michel de Almeida Campelo, deferiu liminar em favor dos servidores públicos municipais de Uruará (PA), determinando o bloqueio das contas da prefeitura do município. A decisão foi promulgada na tarde de segunda-feira, 22, de agosto de 2016. Sendo 54% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), do Fundo Especial do Petróleo, do ICMS, do ITR, do Auxílio Financeiro Para Fomento Exportações, do Simples Nacional, do Fundo Saúde e do ICMS do Estado, 50% da Autorização de Internação Hospitalar, 50% do Programa de Atenção Básica e 50% do PAB Estadual repassado mensalmente ao município de Uruará.
A pergunta que fica: Por que será que o prefeito quer desbloquear as verbas bloqueadas pela justiça para pagar salários de servidores?

Inscreva-se no nosso Canal Clima Quente no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCrXXssgco8VURtRf_bw7-IA. Desde já agradecemos a sua visita e a sua inscrição!